Rosa de Saron – Entrevista ao site Vagalume


Entrevista do Rosa do Rosa de Saron ao site vagalu me marca mais uma vez a força dos fãs do Rosa , que depois de muitos pedidos atendeu convidando a b.anda na pessoa Rogério Feltrin.
TRECHO DA ENTREVISTA
 

Se você não é católico praticante ou daqueles que acompanham esse segmento musical, as chances de ter ouvido falar o nome Rosa de Saron são poucas. Isso apesar deles estarem há 20 anos na ativa e mais do que consolidados naquela fatia de mercado.

Em 2008 as duas décadas de estrada foram comemoradas com um luxuoso DVD com direito a orquestrações, convidados e cenário caprichado. O resultado ficou bom e logo se percebeu que o trabalho poderia agradar um público mais amplo, tanto o que consome pop e rock como aquele que gosta de ouvir mensagens positivas de vida mesmo sem seguir o catolicismo ou qualquer outra religião.

Nesse papo o baixista Rogério Feltrin nos conta como foi essa trajetória foi percorrida e da importância de espalhar a sua mensagem para quem puder ouvir.
Os milhões de acessos que o grupo tem no Vaga-lume e a quantidade de e-mails que pediram essa entrevista, mostra que esses não são poucos.

 

 

              

Apesar dos vinte anos de carreira só agora o Rosa de Saron está se tornando conhecido do público em geral. Então para começar conte um pouco da trajetória de vocês até aqui. A banda sofreu mudanças na formação?

 

A banda começou em 1988, dentro do movimento de Renovação Carismática da Igreja Católica. Nos juntamos para tocar nos encontros, retiros e eventos da Igreja. Em pouco tempo começamos a fazer nossas próprias músicas e inscrevê-las em festivais. Sempre pegávamos as primeiras colocações, isso foi nos motivando a investir mais seriamente no trabalho autoral e também a divulgar mais a banda.
Complementando, a banda sofreu poucas alterações nesse tempo todo, a mais séria foi a troca de vocalista em 2001.

Nesse tempo nunca houve a vontade de sair do segmento religioso e tentar o mercado pop?     

Nunca pensamos em parar de falar sobre Deus em nossas músicas, se é essa a pergunta. Aliás, nunca deixaremos de falar de Deus porque Ele é a coisa mais importante nas nossas vidas. É algo do qual jamais abriremos mão e acho que nem se quiséssemos conseguiríamos, afinal a arte é sempre reflexo do artista, um retrato do que ele pensa e sente, não tem como expressar nossas opiniões, nossa visão sem que Deus apareça ali. Está na nossa história.
Mas se for falar de segmento do ponto de vista mercadológico aí é complicado, porque nosso trabalho entra muito forte no mercado não religioso também.

leia a entrevista completa no site vagalume

no final da entrevista Rogério Feltrin deixa mais uma vez um recado para os fãs.

Antes de nos despedirmos, deixe uma mensagem para os fãs que colocaram vocês em primeiro lugar no Vaga-lume

 

Sem palavras para agradecer, apenas desejo que Deus abençoe a vida, a casa e a família de todos vocês por todo apoio que vocês tem dado ao Rosa! Acredite que quando você coloca, através de seu acesso, o Rosa de Saron em primeiro lugar, você está colocando nossa mensagem em primeiro, a banda é pequena diante daquilo que cantamos. Para saber mais sobre a gente é só acessar o nosso site.
Você é muito bem vindo! Deus te abençoe.

 

 

 

 

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s